Paralelo entre BI e BSC: Como aproveitar o melhor desses conceitos para maximizar os resultados?

 

A partir de uma visão esclarecida do BI e do BSC,  as organizações conseguem evoluir em busca de processos mais eficientes.

Fazer a gestão das informações corporativas é, sem dúvida, uma das tarefas prioritárias dos executivos de TI e de negócio. Isto porque a informação é o principal ativo das companhias e, para atuar com base num processo eficaz que forneça respostas e indicadores precisos do negócio, as empresas vem buscando cada vez mais ferramentas e tecnologias capazes de apoiar suas tomadas de decisão com foco no que realmente é importante para a organização.

 

A partir de uma visão esclarecida do BI e do BSC,  as organizações conseguem evoluir em busca de processos mais eficientes.

 

Fazer a gestão das informações corporativas é, sem dúvida, uma das tarefas prioritárias dos executivos de TI e de negócio. Isto porque a informação é o principal ativo das companhias e, para atuar com base num processo eficaz que forneça respostas e indicadores precisos do negócio, as empresas vem buscando cada vez mais ferramentas e tecnologias capazes de apoiar suas tomadas de decisão com foco no que realmente é importante para a organização.

Nesse contexto, surgem duas siglas bastante conhecidas atualmente, o BSC (Balanced ScoreCard) e o BI (Business Inteligence). Mas, para saber qual benefício de cada um desses conceitos e como utilizar o que ambos oferecem de melhor para o negócio, é importante inicialmente esclarecer seus significados.

O BSC é um modelo para a gestão do desempenho de uma organização a partir da estratégia e objetivos do negócio,  que utiliza indicadores estratégicos para o monitoramento e controle do desempenho. Pode ser aplicado em qualquer tipo de empresa que tenha necessidade de fazer essa gestão independentemente do porte, tipo ou setor de atividade. A partir de uma visão balanceada e integrada da organização, os indicadores do BSC apontam os resultados sob a ótica de quatro perspectivas que refletem a visão e a estratégia empresarial, sendo elas:

  • Financeira – Como é que aparecemos aos nossos acionistas?
  • Clientes – Como é que os clientes nos vêem?
  • Processos internos – Em que temos de ser excelentes?
  • Aprendizagem e crescimento – Como podemos melhorar e criar valor?

Responder aos desafios colocados por estas quatro questões permite ajustar continuamente a estratégia e mudá-la quando necessário. Desde que foi criado, o BSC vem sendo utilizado por centenas de organizações do setor privado, público e em ONGs no mundo inteiro e foi escolhido pela renomada revista Harvard Business Review como uma das práticas de gestão mais importantes e revolucionárias dos últimos 75 anos.

Para implementação do modelo de gestão BSC, que se apóia em informações oriundas de diversas fontes, os especialistas recomendam primeiramente que seja compreendida a estratégia corporativa da empresa, sendo o BSC o modelo que irá direcionar como organizar os indicadores bem como definir as métricas e metas. Num segundo momento, a organização  pode automatizar o BSC a fim de atuar com base num sistema de controle sólido, no qual as fontes de dados estarão centralizadas e integradas para a geração dos indicadores, garantindo agilidade, confiabilidade e flexibilidade para ajustes quando necessário.

Já, o BI, é a tecnologia que consolida aos dados de forma organizada, permitindo extrair, consolidar e visualizar de informações gerenciais estratégicas para auxiliar as companhias a tomar as decisões, transformando dados armazenados em seus diversos sistemas em informação qualitativa e importante para a análise e gestão do negócio. Em suma, o BI é a solução para automatizar o BSC. Assim como o BI transforma dados em informações para decisão, o BSC transforma uma infinidade de indicadores em um modelo de gestão dos objetivos estratégicos, possibilitando que a companhia foque no que é mais crítico para seu negócio.

Desta forma, as necessidades de informatização do BSC são supridas pelas tecnologias de BI. Já, os recursos para a parte mais qualitativa do BSC como avaliação descritiva de indicadores, colaboração entre usuários, descritivo dos indicadores não faz parte das tecnologias de BI.

Traçando um paralelo entre os dois conceitos, fica claro que o BSC é um modelo de gestão que permite acompanhar o desempenho da empresa com indicadores gerados com suporte do BI. Assim, são práticas complementares. Se a empresa já tem o BI, não quer dizer que tenha um processo de BSC, mesmo que o BI já contemple indicadores de desempenho. Se a organização já tem um processo e uma tecnologia de BSC, não quer dizer que esteja atendido nos vários níveis de informações gerenciais como oferecido pelo BI.

A partir de uma visão esclarecida do significado e das finalidades do BSC e do BI, os executivos conseguem visualizar a melhor forma de avançar na gestão do seu negócio com base em processos e tecnologias usados de forma integrada.  A resposta do que fazer primeiro ou onde investir deve ser resultado de uma análise mais abrangente que considere as prioridades da empresa. Se a necessidade passa pela rapidez no acesso às informações gerenciais, a organização pode priorizar o esforço no BI, extraindo os dados existentes e armazenando-os num data warehouse.

Sandro Silva Barros, Business Intelligence Architect, ressalta que “para aproveitar o melhor de cada um dos conceitos, é importante considerar que ter um BSC sem BI traz dificuldades, no entanto, implementar o modelo de gestão BSC auxilia a organização a estabelecer o controle através do acompanhamento dos KPI’s (Key Performance Indicators) ou indicadores definidos para medir os projetos, tarefas e estratégias mapeadas no BSC,

sobre onde pretende chegar e com foco no que é importante para o negócio. Por outro lado, ter o BI sem o BSC poderá ocasionar dificuldades, uma vez que a empresa poderá ter uma infinidade de informações e indicadores, sem, no entanto, a clareza quanto à estratégia principal do negócio”.

Eu so nao chamaria BSC de modelo de gestao, na realidade Balanced Score Card he uma ferramenta(Pode ser encarada como modelo de gestao estrategica) mas Kaplan e Norton (Pais da crianca) preferem chamar de ferramenta para gestao estrategica. So amarrar: O BI permite que voce acompanhe os KPI's(Key Performance Indicators) ou indicadores, definidos para medir os projetos, tarefas e estrategias mapeadas no BSC.

Newsletter: Edição 012 – Ano 2011

Leia Também:

 

Olá, Tudo Bem?
Se precisar estamos a disposição.

Receba nossa newsletter

Fique tranquilo não enviamos e-mails em excesso.

Nome
E-mail
Assunto
Selecione

  • Desenvolvimento de Sistemas
  • SAP Solution Center
  • Gestão Tributária
  • Comércio Exterior
  • BPO Tributário
  • CRM & Mobile