GSW desenvolve aplicativo do SPC para acompanhamento da saúde financeira dos brasileiros

Lançado recentemente para dispositivos móveis Android e Apple, o aplicativo SPC Consumidor identifica o perfil consumidor do usuário e dá dicas para uma boa gestão financeira.


O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) lançou no dia 13/12/2017 um aplicativo que atua como um indicador da saúde financeira do usuário, onde é possível calcular e simular suas contas particulares e comparar com a média nacional, além de enviar dicas personalizadas de educação financeira para melhorar o controle de orçamento doméstico.

A GSW Soluções Integradas foi a empresa contratada para desenvolver este aplicativo, que está disponível gratuitamente tanto para Android como para IOS (Apple).

Baixe o App SPC Consumido:

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.spc.consumidor

Apple: https://itunes.apple.com/br/app/spc-consumidor/id1323674644?mt=8

 

Magno de Souza Lima, Superintendente de Desenvolvimento de Negócios do SPC deu uma entrevista para a BANDNEWS sobre a aplicação.

Segundo Magno, além de ajudar os usuários a conhecer melhor suas finanças, o objetivo do app SPS Consumidor também é proporcionar a instituição a possibilidade de conhecer melhor o comportamento do consumidor e assim, desenvolver soluções que atendam a necessidade da sociedade, sempre buscando a melhoria da gestão financeira da população. "Este é o primeiro passo, mas muitas outras novidades estarão disponíveis em breve”, afirma Magno.

A GSW tem investido cada vez mais em projetos para dispositivos móveis. Normalmente as aplicações desenvolvidas são de uso corporativo, por isso se torna um case importante para organização, sendo o primeiro destinado ao público em geral.

Novas alterações no calendário da EFD-Reinf

Recentemente a RFB publicou no DOU uma nova instrução normativa que atualiza o prazo de envio e cronograma da EFD-Reinf, que coincidirá com a competência inicial de envio dos eventos periódicos do eSocial.

Através da IN 1767/2017, publicada no diário oficial no dia 15/12/2017, estabelece que as empresas que se enquadram no 1º Grupo (faturamento superior a R$78 milhões) devem enviar os eventos pela EFD-Reinf a partir de 01/05/2018. Já os contribuintes (PJs) do 2º Grupo (Inferior a R$ 78 milhões, exceto órgãos públicos) a entrega será a partir de 01/11/2018. E o 3º grupo (órgãos públicos) apenas serão exigidos a partir de maio de 2019.

Em relação ao eSocial, a implementação para estes mesmos grupos será progressiva em três fases, sendo gradativo o envio das informações de acordo com o tipo de evento.
Fase 1: Primeiro mês - constituída dos eventos de tabelas;
Fase 2: Terceiro mês - constituída pelos eventos não periódicos; Fase 3: Última fase no quinto mês, constituída de eventos periódicos.

Fonte: Portal eSocial

EFD-REINF e eSocial - Faseamento Oficial

Após reunião (realizada 30/10) do GT Piloto entre empresas, RFB (Samuel Kruger) e MTE (José Maia), divulgaram a agenda de faseamento do eSocial e EFD-Reinf.


Segundo José Maia, do Ministério do Trabalho, não se trata de prorrogação e sim 
distribuição no calendário de 2018 e 2019, para que essas primeiras entregas pudessem ocorrer de forma mais tranquila, permitindo o acompanhamento pelos órgãos responsáveis, considerando a implantação de um projeto dessa magnitude, além de minimizar os impactos para as empresas envolvidas.

FASEAMENTO E GRUPOS OBRIGADOS REINF e eSOCIAL

faseamento calendário reinf esocial prorrogação

GRUPO 1 - Empresas acima de 78 milhões
(aprox. 14 mil empresas) – A partir de jan/18

1. Tabelas – jan/18 – transmitir a partir de 8 hs, de 08/jan
2. Eventos não periódicos – mar/18 – transmitir a partir das 8 hs. de 01/mar (mesmo enviando depois, tem que ser retroativo a 01/mar)
3. Eventos periódicos – mai/18 (competência)
4. EFD-Reinf – mai/18 (competência)
5. DCTFWeb + Novo FGTS – jul/18
6. SST - jan/19 (à confirmar)
7. R-2070 da EFD-Reinf – jan/19 (competência)


GRUPO 2 - Demais empresas, exceto OP
A partir de jul/18 (este grupo pode aderir voluntariamente as datas do grupo anterior)

1. Tabelas – jul/18
2. Eventos não periódicos – set/18
3. Eventos periódicos – nov/18 (competência)
4. EFD-Reinf – nov/18 (competência)
5. SST + DCTFWeb + Novo FGTS – jan/19
6. R-2070 da EFD-Reinf – jan/19 (competência)

GRUPO 3 - Órgãos Públicos
Adm pública Direta e Indireta – A partir de jan/19

1. Tabelas – jan/19
2. Eventos não periódicos – mar/19
3. Eventos periódicos – mai/19 (competência)
4. EFD-Reinf – mai/19 (competência)
5. SST + DCTFWeb + Novo FGTS – jul/19

 

Sua empresa já está pronta para NF-e 4.00?

O layout das Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) irá sofrer uma nova atualização. Até abril de 2018 todas as empresas deverão se adequar, quando o antigo modelo (3.10) será desativado.

Publicada no final de maio, a Nota Técnica 2016.002 - v 1.20 informa todos os detalhes da nova versão. Apesar de consideradas mudanças simples, que de forma geral não interferem na rotina do usuário final, TI e Fiscal devem estar atentos às mudanças e principalmente ao prazo de adequação. Após início de vigência, o preenchimento incorreto implicará na rejeição do documento eletrônico. Além disso, por questão de segurança, a nota técnica trata de ajustes tecnológicos relativas à comunicação dos dados entre as empresas e a SEFAZ.

Muitas coisas foram alteradas na nota, mesmo que, na maioria dos casos, isso não interfira na rotina do usuário final. Mas o que muda na nova NF-e 4.00?

Leia mais...

Olá, Tudo Bem?
Se precisar estamos a disposição.

Receba nossa newsletter

Fique tranquilo não enviamos e-mails em excesso.

Nome
E-mail
Assunto
Selecione

  • Desenvolvimento de Sistemas
  • SAP Solution Center
  • Gestão Tributária
  • Comércio Exterior
  • BPO Tributário
  • CRM & Mobile