Certificados garantem softwares mais estáveis e de menor custo

Cada vez mais as instituições vêm terceirizando o desenvolvimento e manutenção de seus sistemas utilizando empresas especializadas em soluções de TI. O aumento deste tipo de demanda tem impulsionado a adoção de modelos e práticas que proporcionam a otimização do desempenho e a garantia da qualidade dos produtos e processos de software.
A utilização de processos de desenvolvimento baseados nestes modelos e práticas internacionais acrescenta maior maturidade aos fornecedores de TI e consequentemente a confiabilidade no relacionamento com o cliente. Uma prova disto é o grande crescimento da indústria indiana de software que hoje detém uma grande fatia do mercado e conquistou credibilidade através da adoção do modelo CMMI (Capability Maturity Model Integration). Esta mesma estratégia vem sendo hoje adotada por empresas chinesas de software, sendo a China atualmente um dos países que mais investem na implementação deste modelo.
O CMMI, desenvolvido pelo Software Engineering Institute (SEI), da universidade norte-americana Carnegie Mellon, é um modelo baseado em níveis de maturidade organizacional, ou seja, na coleção de melhores práticas organizadas por área de processo.
A metodologia CMMI orienta a melhoria de desenvolvimento de software e visa integrar as áreas de processo da organização, sendo indispensável o estabelecimento de objetivos que estejam alinhados às estratégias de negócio da empresa.
A utilização de processos bem definidos e baseados em modelos como o CMMI colaboram diretamente para a qualidade dos produtos de software. Com processos estruturados, padronizados e controlados, o resultado são softwares que operam com o mesmo padrão de qualidade tornando a contratação deste tipo de serviço mais profissional e menos dependente da ação individual dos envolvidos.
Todas estas melhorias se refletem diretamente nos sistemas entregues aos clientes, que se beneficiam principalmente da qualidade do produto final, assegurado por processos que reduzem as falhas e não conformidades, além da maior transparência e visibilidade dos projetos.
A GSW, empresa que desenvolve sistemas sob demanda, adotou o modelo CMMI para estruturar os seus processos de desenvolvimento de software. “A implantação de CMMI foi essencial para melhoria da qualidade dos sistemas que desenvolvemos para nossos clientes.”, comenta Marcio Alencar, Gerente de Desenvolvimento. “Obtivemos melhor índice de satisfação quanto ao atendimento das necessidades dos clientes e quanto aos prazos de entrega, além da diminuição de retrabalho e melhoria na gestão pela adoção de indicadores de desempenho”.
No próximo artigo continuaremos com as vantagens do CMMI, aprofundado no processo de Auditoria de Garantia da Qualidade.

Cada vez mais as instituições vêm terceirizando o desenvolvimento e manutenção de seus sistemas utilizando empresas especializadas em soluções de TI. O aumento deste tipo de demanda tem impulsionado a adoção de modelos e práticas que proporcionam a otimização do desempenho e a garantia da qualidade dos produtos e processos de software.

Leia mais:Certificados garantem softwares mais estáveis e de menor custo

Página 5 de 5

Olá, Tudo Bem?
Se precisar estamos a disposição.

Receba nossa newsletter

Fique tranquilo não enviamos e-mails em excesso.

Nome
E-mail
Assunto
Selecione

  • Desenvolvimento de Sistemas
  • SAP Solution Center
  • Gestão Tributária
  • Comércio Exterior
  • BPO Tributário
  • CRM & Mobile