GSW no RS com foco em comex e fiscal

A GSW, empresa de São José dos Campos especializada em soluções de gestão tributária e comércio exterior, acaba de inaugurar uma filial em Sapucaia do Sul, na Grande Porto Alegre, com meta de fechar 12 novos contratos no primeiro ano da operação.



O foco é ampliar uma carteira que já traz clientes locais como Grupo SLC, Termolar, Real Atacado e Sollução Contabilidade.

Ao todo, a GSW tem em torno de 300 clientes no país, como 3M, Pfizer, Pepsico e Eletrolux, atendidos pela matriz, mais filiais no Paraná e na capital paulista.

De acordo com o sócio-diretor de Operações da companhia, Luiz Fernando Pastorelli, a nova abertura no mercado gaúcho atende a um aspecto cultural da região.

“O cliente gaúcho fica mais confortável em trabalhar com empresas que estejam mais próximas. Além disso, a região é carente de empresas de consultoria em soluções de TI para área tributária e Comex, demandas que  atendemos com soluções das parceiras Mastersaf e Softway, respectivamente”, comenta o executivo.

No caso das soluções de comércio exterior, a abertura da representante no mercado gaúcho reforça também a estratégia da Softway, que faturou R$ 55 milhões em 2011 e anunciou meta de elevar a cifra para R$ 130 milhões até 2015.

No Rio Grande do Sul, a Softway tem clientes como AGCO, Mundial e John Deere. A Mastersaf, antes de ser adquirida pelo grupo Thomson Reuters, havia ampliado sua penetração no mercado do Sul ao comprar a gaúcha Lalur.

Parceiros à parte, a GSW também faz planos de novas expansões ainda este ano.

“Teremos filiais em Minas Gerais e no Nordeste”, conta Pastorelli.

A empresa de São José dos Campos também atua como SAP Solution Center e mantém um Centro de Desenvolvimento de Sistemas do qual realiza desde projetos de escopo fechado, fábrica de projeto e software, até alocação de profissionais de TI.

Uma parceria com a IBM focada nas linhas Lotus, Workplace, WebSphere, além de consultoria técnica, serviços de implantação e suporte, complementam a oferta da companhia.

O valor de faturamento, a GSW não abre, mas afirma ter crescido 34% em 2012, sobre o ano anterior.

“Foi uma taxa bem acima da média de mercado, prevista em 5% de acordo com a Abradisti”, comenta Pastorelli.

Segundo o executivo, nos últimos cinco anos a organização vem crescendo a uma taxa de 30% ao ano, tendo ficado entre as 200 Maiores Empresas de Tecnologia do Brasil no ranking da Info Exame 2012.



Fonte: Maurício Renner, 08/01/2013,  www.baguete.com.br/

Olá, Tudo Bem?
Se precisar estamos a disposição.

Receba nossa newsletter

Fique tranquilo não enviamos e-mails em excesso.

Nome
E-mail
Assunto
Selecione

  • Desenvolvimento de Sistemas
  • SAP Solution Center
  • Gestão Tributária
  • Comércio Exterior
  • BPO Tributário
  • CRM & Mobile