Desenvolvimento de líderes

desenvolvimento_lideresProcurar bons líderes no mercado ou desenvolver os gestores?

Frequentemente as grandes empresas tem gerado muita discussão em torno da questão da liderança e sua importância para a melhoria de resultados no modelo de gestão de pessoas. O grande desafio é encontrar gestores bem preparados...

Leia mais:Desenvolvimento de líderes

GSW está entre as PMEs que mais cresceram nos últimos três anos

pmeSegundo pesquisa realizada pela revista Exame PME e empresa Deloitte, para o Ranking das 200 empresas de pequeno e médio porte que mais cresceram nos últimos anos, a GSW Software LTDA classificou-se em 180º lugar, de um total de 620 empresas participantes.

Além do ranking, a revista Exame PME demonstra através de gráficos o cenário dessas empresas no Brasil, citando tendências importantes para as organizações.
O ranking está baseado na evolução da receita líquida das empresas ao longo dos últimos três anos. Participaram da pesquisa empresas de todos os segmentos com faturamento anual entre 5 milhões e 200 milhões e de diferentes segmentos.

O crescimento da GSW constatado pela pesquisa foi de 34,1% entre os anos de 2007 e 2009.

Veja o Relatório Completo.

Case GSW - Gestão de mudança ganha importância para mitigar riscos nas corporações

Mudanças podem ser positivas, mas sempre geram insegurança. Isso é verdade também no ambiente corporativo. Com a nova dinâmica da economia, saber conduzir mudanças é fundamental para evitar desconforto, insegurança e resistência por parte dos funcionários e da administração. 

De acordo com a consultora empresarial Bárbara Oliani, especialista em gestão de mudanças, o processo pode trazer "distorções de objetivos quando não há um diagnóstico assertivo da situação ou a desaceleração da mudança quando esta não é bem trabalhada".

Outra consequência que a transformação malconduzida pode trazer é o desgaste da imagem da organização para o público externo e interno.

Leia mais:Case GSW - Gestão de mudança ganha importância para mitigar riscos nas corporações

Case GSW - Os desafios da fidelização dos funcionários da "Geração Y"

Conhecidos como Geração Y, os nascidos a partir da década de 80 ocupam uma importante parcela do mercado de trabalho brasileiro, exercendo funções nas mais diversas áreas e em níveis que vão do operacional ao gerencial. Suas características, que os diferenciam dos demais profissionais, os tornam altamente cobiçados pelas empresas.

Carolina Amgarten, jornalista de 22 anos, recém contratada pela Deni Bloch Divulgação, empresa de assessoria de imprensa especializada em alta gastronomia, descreve sua geração como inquieta e permanentemente insatisfeita, mas também ressalta qualidades muito apreciadas pelas empresas, como a curiosidade, disposição e capacidade inata para analisar e seguir tendências. Para a jovem jornalista, os principais fatores que a desmotivam envolvem a ociosidade e a inexistência de feedback sobre o seu trabalho. 

Leia mais:Case GSW - Os desafios da fidelização dos funcionários da "Geração Y"

Fidelização demanda confiança dos clientes e qualidade de serviços

A conquista de clientes e a manutenção dos mesmos na carteira da empresa durante longos períodos é um dos maiores "assets" da organização. Mas não é um trabalho trivial.
Por isso, uma companhia se orgulha quando diz que os maiores clientes estão com ela há oito, dez, quinze anos. É o caso da GSW.
"Temos em nossa carteira organizações que estão conosco desde que iniciamos nossas atividades, em 1991", afirma Basílio Tosetto Neto, diretor administrativo e financeiro da empresa.
Na sua opinião, a fidelização é resultado de um conjunto de práticas que incluem bom tratamento do cliente, preocupação com a qualidade, honestidade em relação às necessidades e qualidade de serviços.
"Analisamos o que o cliente está pedindo e o que ele precisa, depois apresentamos a solução que melhor se enquadre a sua necessidade.
Ele compara a prática de transparência com o cliente ao serviço de um mecânico. "Se você vai ao mecânico e ele diz que o conserto do seu carro é simples e cobra um preço justo, para que você vai procurar outro?"
Tosetto Neto também destaca que a GSW tem flexibilidade para enquadrar as suas soluções às mais diferente necessidades de seus clientes, atendendo-os de forma customizada, visando minimizar os custos das soluções adotadas e o impacto que elas geram nos processos internos dos clientes.
Para a GSW, qualidade do serviço significa atender as necessidades dos clientes por meio de profissionais com especialização técnica aliada ao conhecimento em negócios, o que é um diferencial.
O baixo turn over da GSW – menos de 3% - também contribui para que o cliente tenha confiança na empresa. Ao ser atendido pela mesma pessoa durante anos, o cliente sente-se seguro da solidez do fornecedor.

A conquista de clientes e a manutenção dos mesmos na carteira da empresa durante longos períodos é um dos maiores "assets" da organização. Mas não é um trabalho trivial.

Por isso, uma companhia se orgulha quando diz que os maiores clientes estão com ela há oito, dez, quinze anos. É o caso da GSW.

Leia mais:Fidelização demanda confiança dos clientes e qualidade de serviços

Página 7 de 7

Olá, Tudo Bem?
Se precisar estamos a disposição.

Receba nossa newsletter

Fique tranquilo não enviamos e-mails em excesso.

Nome
E-mail
Assunto
Selecione

  • Desenvolvimento de Sistemas
  • SAP Solution Center
  • Gestão Tributária
  • Comércio Exterior
  • BPO Tributário
  • CRM & Mobile