Sua equipe está trabalhando mais para o FISCO ou para a empresa?

Atualizações e novas obrigações tributárias continuam surgindo, os colaboradores permanecem sobrecarregados e a tecnologia da informação também não pode estagnar.

Mas até quando? Como estar em compliance com o Fisco e ainda conseguir se atuar no planejamento tributário de forma estratégica?

homem mar papel

Desde o início da era digital das transmissões de declarações acessórias, passamos por importantes mudanças na rotina dos departamentos fiscais, tributários e contábeis. Transformações que exigiram significantes adequações na estrutura organizacional (recursos humanos) e tecnológica (sistemas e infraestrutura de TI) das empresas.

Neste cenário, onde parte dos recursos trabalham “indiretamente” para o FISCO, preparando as obrigações principais, acessórias e demais declarações; na maioria dos casos, o gestor acaba deixando de lado, o “core” da área, ou seja, o PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO.

Quando executado de forma estratégica, o planejamento tributário projeta e executa ações que geram resultados a curto, médio e longo prazo, minimizando custos fiscais, além de buscar formas de colocar dinheiro vivo no caixa da companhia.

O que deveria ser secundário, se torna prioritário, gerando uma grande distorção da responsabilidade das áreas fiscais, tributárias e contábeis. Em muitos casos esses departamentos estão inflados, com colaboradores sobrecarregados, com picos de trabalho de acordo com a agenda do fisco.

Para este “desafogo” dos recursos, permitindo que as áreas se foquem em atividades mais estratégicas, muitas organizações estão preferindo realizar o outsourcing da geração das obrigações, e logo, transferindo todas as responsabilidades envolvidas aos processos inerentes a esta etapa da rotina fiscal.

Além dos ganhos de processo, pelo fato de um modelo que segue uma metodologia de trabalho consolidada, esta modalidade de trabalho propõe redução significativa nos custos recorrentes uma vez que os investimentos com infra, sistemas, banco de dados e recursos dedicados a esta finalidade fazem parte, usualmente, do escopo standart.

Pense nisso!

 


Sobre o Autor:

paulo roberto Paulo Roberto Junior é o atual gestor comercial da área de BPO TAX & HR da GSW Soluções Integradas, com mais de 20 anos de vivência nas áreas fiscal e tributária e já passou por Informare/Informanet, IOB, Cenofisco, Lex e Aduaneiras.

Paulo Roberto Junior é o atual gestor comercial da área de BPO TAX & HR da GSW Soluções Integradas, com mais de 20 anos de vivência nas áreas fiscal e tributária e já passou por Informare/Informanet, IOB, Cenofisco, Lex e Aduaneiras.
Olá, Tudo Bem?
Se precisar estamos a disposição.

Receba nossa newsletter

Fique tranquilo não enviamos e-mails em excesso.

Nome
E-mail
Assunto
Selecione

  • Desenvolvimento de Sistemas
  • SAP Solution Center
  • Gestão Tributária
  • Comércio Exterior
  • BPO Tributário
  • CRM & Mobile