Motivação na área de TI: como perceber o que agrega valor para os funcionários?

A rápida evolução na área da Tecnologia da Informação vem trazendo constantes novidades para o mercado de trabalho e os profissionais deste setor. No passado, o atuante em TI, era aquele que sabia apenas lidar com computadores. Atualmente, este profissional tem em mãos uma dimensão ampliada de sua atuação, respaldada por especializações, certificações e conhecimentos diferenciados para acompanhar um mercado em contínua transformação.

Profissionais motivados entendem a importância do seu papel e enxergam o benefício do seu trabalho no resultado final da organização.

A rápida evolução na área da Tecnologia da Informação vem trazendo constantes novidades para o mercado de trabalho e os profissionais deste setor. No passado, o atuante em TI, era aquele que sabia apenas lidar com computadores. Atualmente, este profissional tem em mãos uma dimensão ampliada de sua atuação, respaldada por especializações, certificações e conhecimentos diferenciados para acompanhar um mercado em contínua transformação.

Por sua natureza, o profissional de TI é curioso, conectado ao mundo moderno e às novas tecnologias. “Para obter sucesso nessa área, é imprescindível descobrir novidades, saber como as coisas funcionam, como é que determinada tecnologia vai mudar o futuro, o que ela pode fazer pelas organizações e pela sociedade em geral”, diz Carlos Cruz, Diretor do Instituto Brasileiro Vendas. Isto porque no setor de TI o que não falta são novidades. A cada minuto, há o lançamento de um hardware novo, um software novo, uma técnica ou metodologia nova que substitui a anterior e, por conta disso, a necessidade de atualização é constante.

Em meio a essa dinâmica, já não é mais novidade que manter funcionários motivados é essencial para a produtividade dos negócios. Profissionais com maior comprometimento e satisfação desenvolvem ações mais criativas e são mais eficientes no cumprimento de objetivos e metas.

Além disso, empresas com baixo índice de rotatividade também são bem vistas pelos profissionais. Um estudo da Fundação Dom Cabral aponta que uma nova contratação é um processo 15% mais caro do que investir em um funcionário atual. A confiança também é um dos fatores de sucesso na integração de uma equipe, o que se conquista após um longo período de permanência na empresa.

“É por isso que as organizações estão investindo cada vez mais na satisfação do funcionário para que ele se sinta realizado e faça parte, efetivamente, dos objetivos corporativos. Todas as pessoas buscam significado na vida e no trabalho. O profissional motivado é engajado, entende seu papel e o valor do seu trabalho para o resultado da empresa como um todo. Na área de TI, isso significa dizer que o funcionário compreende a importância de sua atuação num determinado projeto, sendo seu trabalho essencial para a satisfação do cliente e, consequente, para o sucesso da organização”, explica Cruz.

Este tem sido o grande desafio das empresas de Tecnologia da Informação: manter os profissionais dinâmicos e ativos de TI motivados após algum período de contratação. “As companhias estão atentas para entender as motivações desses profissionais e, com base nisso, traçar estratégias com foco na atualização contínua de conhecimento e na possibilidade de crescimento profissional”, ressalta Cruz.

A produtividade da equipe é elemento crucial para que as companhias se mantenham competitivas no mercado atual. Investir na motivação dos funcionários, aumenta a produtividade e amplia a permanência do profissional na organização, assimilando sua cultura e experiência na função.


Box: Dicas para manter o profissional de TI motivado:


1. Perspectiva de crescimento: Proporcione oportunidades para que funcionário se desenvolva e possa crescer profissionalmente na área técnica ou até mesmo no nível de liderança.

2. Plano de cargos e salários: O plano padroniza a promoção e a progressão interna dos cargos na empresa, evitando a insatisfação dos profissionais e ajudando a eliminar distorções que causam desarmonia na companhia.

3. Ambiente de trabalho agradável: Promova um clima organizacional favorável à motivação. A falta de entendimento com o gestor, colegas de trabalho e cultura organizacional da companhia refletem diretamente no tempo de permanência de um colaborador na empresa.

4. Regime de home office: Permitir a flexibilidade no horário e o regime de trabalho remoto ajuda a proporcionar uma melhor qualidade de vida ao funcionário.

5. Cursos de atualização profissional: Possibilite a realização de treinamentos e a participação em eventos para engajar os profissionais. Pode-se ainda motivar o colaborador oferecendo desconto na mensalidade de uma certificação ou faculdade.

7. Experiência internacional: Possibilidade transferir o funcionário para outros países.

8. Simplicidade nos processos: Proporcione facilidades operacionais para que o funcionário possa desempenhar seu trabalho com tranquilidade, como sistemas tecnológicos intuitivos e descomplicados de se operar.

9. Interação: Mantenha diversos meios de comunicação interna para que o funcionário possa interagir e opinar sobre os processos da empresa.

10. Reconhecimento: Monitore constantemente a performance dos funcionários e reforce seus pontos positivos.

 

 

Newsletter: Edição 014 – Ano 2012

Leia Também:

 

A importância do teste no desenvolvimento de softwares
Você conhece os incentivos do governo brasileiro para exportação?
GSW inaugura SAP Solution Center
A Era digital do Fisco veio para ficar?

 

Olá, Tudo Bem?
Se precisar estamos a disposição.

Receba nossa newsletter

Fique tranquilo não enviamos e-mails em excesso.

Nome
E-mail
Assunto
Selecione

  • Desenvolvimento de Sistemas
  • SAP Solution Center
  • Gestão Tributária
  • Comércio Exterior
  • BPO Tributário
  • CRM & Mobile