PMEs que mais crescem no Brasil - 2013

Pela 3º vez a GSW está no ranking das PMEs que mais crescem no País, ocupando o 106º lugar entre as 250 pequenas e médias empresas de maior desempenho.

O estudo anual realizado pela Deloitte em parceria com a revista Exame PME desde 2006, aponta as empresas emergentes que mais expandem seus negócios no País, além de identificar como elas estão lidando com as dificuldades do ambiente de negócios nacional.

As empresas de melhor desempenho são aquelas que apresentaram os maiores índices de expansão nos últimos três anos, e essas são incluídas em um ranking publicado na revista Exame PME.

Entenda a metodologia da pesquisa:

A atual edição do ranking da pesquisa “As PMEs que Mais Crescem no Brasil” teve seu período de campo entre os dias 18 de fevereiro e 31 de maio de 2013 por meio de um questionário disponível no website da Deloitte (www.deloitte.com.br). O convite para participar do estudo foi enviado por e-mail para aproximadamente 16 mil empresas.

Esse universo de convidados foi complementado por outras organizações que manifestaram o interesse em participar, após saberem da existência da pesquisa por meio da divulgação em websites, como o da revista Exame PME, de anúncios publicitários, de mídias sociais e de notas editoriais veiculadas na imprensa em geral e pelas próprias empresas realizadoras.

Critérios

Para que a empresa tivesse condições de configurar no ranking da pesquisa, ela deveria, obrigatoriamente, atender a todos os critérios abaixo, e apresentar as maiores taxas de crescimento médio anual referente aos últimos três anos:

••Possuir receita líquida entre R$ 3 milhões e R$ 300 milhões em 2012 (último ano do triênio avaliado);

••Não fazer parte de um conglomerado empresarial com mais de 50% do seu capital controlado por estrangeiros;

••Não estar vinculada (coligada ou controlada) a grupo empresarial com receita líquida igual ou superior a R$ 2 bilhões por ano, independentemente da origem de seu capital;

••Estar em fase operacional, no Brasil, há mais de cinco anos.

Para a composição do ranking desta pesquisa, foram consideradas as regras contábeis reconhecidas nas práticas de mercado adotadas no Brasil, que se sobrepuseram a qualquer norma associada à especificidade de setores econômicos ou de perfis de atividade empresarial. Por possuírem características diferenciadas de geração e avaliação de receita, o que impediria a comparação com outras empresas, não puderam participar do estudo: cooperativas, instituições financeiras e organizações sem fins lucrativos e governamentais.

Também tiveram sua participação vetada as empresas cuja principal atividade está atrelada aos segmentos de auditoria, consultoria e editoras (setores de atuação das organizadoras do estudo).

O regulamento da pesquisa ficou disponível a todas as empresas interessadas por meio do website da Deloitte (www.deloitte.com.br), durante todo o período de campo.

 

PME-2013v4_03

 

Nosso crescimento é fruto da dedicação de grandes colaboradores e parceria com grandes empresas.

Obrigado, por escreverem juntos com a gente uma história que só cresce!

Olá, Tudo Bem?
Se precisar estamos a disposição.

Receba nossa newsletter

Fique tranquilo não enviamos e-mails em excesso.

Nome
E-mail
Assunto
Selecione

  • Desenvolvimento de Sistemas
  • SAP Solution Center
  • Gestão Tributária
  • Comércio Exterior
  • BPO Tributário
  • CRM & Mobile